Ir para conteúdo

Colaboradores da Central 156 têm treinamento do Disque Turismo

Central 156 participa de treinamento de turismo...
Central 156 participa de treinamento de turismo (Foto: Divulgação)
Central 156 participa de treinamento de turismo (Foto: Divulgação)
Treinamento foi promovido pelo Instituto Municipal de Turismo (Foto: Divulgação)
Colaboradora Andréia Freitas aprova treinamento (Foto: Divulgação)
Central 156 participa de treinamento de turismo (Foto: Divulgação)
Treinamento foi promovido pelo Instituto Municipal de Turismo (Foto: Divulgação)
Colaboradora Andréia Freitas aprova treinamento (Foto: Divulgação)

Na última semana, os atendentes da Central 156 participaram de um curso de capacitação para o Disque Turismo de Curitiba. Além de conteúdo histórico e cultural da capital, a capacitação oferecida pelo Instituto Municipal de Turismo (IMT) também orienta sobre as características funcionais dos serviços e atrativos turísticos.

O pesquisador científico e cultural do IMT, Alexander Silva, explica que os atendentes são a “linha de frente do atendimento ao turista”, tanto antecipado, dos que ainda planejam a viagem para a cidade, como os que já chegaram.

“A informação deste atendente vai agregar ainda mais valor ao que o turista quer fazer na cidade”, explica Silva. “Às vezes, a pessoa tem uma informação básica sobre algo e o atendente pode ir aumentando o número de possibilidades de outras visitas e vivências na cidade.”

A atendente Andréia Freitas trabalha na Central 156 há sete anos e ressaltou a importância da palestra. “Temos vários questionamentos sobre os atrativos turísticos, sobretudo nas férias”, relata. “É bastante enriquecedor para passarmos uma informação correta para o turista e para o cidadão que está usando o serviço.”

Qualificação no atendimento em diversos setores

A fim de qualificar profissionais de diversas áreas, o Instituto Municipal de Turismo de Curitiba promove capacitações em diferentes setores do mercado. Segundo a presidente do Instituto, Tatiana Turra, a ideia é que a cadeia de serviços esteja preparada para receber o turista.

Desde o início do ano, foram 26 capacitações, entre oficinas, visitas técnicas e city tours . “O início deste trabalho teve foco nos servidores, como prestadores de informações turísticas, professores e guias”, explica Tatiana. “Os agentes de viagem e comunicadores especializados também fazem parte do planejamento”, diz.

As capacitações atingiram um público de 474 pessoas, sendo 290 participantes das oficinas e palestras e 184 participantes das visitas técnicas. “É um trabalho que pretendemos estender a outros setores, como transporte, alimentação e hospedagem”, confirma Tatiana.

 

Fonte: PMC

Compartilhe: