Ir para conteúdo

Câmara Municipal de Gaia vem ao ICI

ICI recebe representantes da Câmara de Gaia,...
ICI recebe representantes da Câmara de Gaia, Portugal
ICI recebe representantes da Câmara de Gaia, Portugal
Cristiana, António e Manuela acompanham apresentação do Instituto
ICI recebe representantes da Câmara de Gaia, Portugal
Cristiana, António e Manuela acompanham apresentação do Instituto

O ICI recebeu na manhã desta quarta-feira (20) representantes da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, terceiro município mais populoso de Portugal. O órgão representa o poder executivo municipal, o que equivale à função das prefeituras no Brasil. Estavam presentes o chefe de gabinete do presidente da câmara, António Rocha; a diretora municipal de Finanças, Manuela Garrido; e Cristiana Nóbrega, da equipe de Apoio aos Cidadãos.

O objetivo da visita foi conhecer o modelo de atendimento ao cidadão implantado em Curitiba. O ICI demonstrou a solução e compartilhou a experiência de 20 anos de prestação desse e outros serviços à capital paranaense.

O grupo vai participar do congresso Smart City Expo Curitiba, que acontece esta semana. Segundo António Rocha, a vinda foi mais para conhecer o ICI que simplesmente participar do evento. “Sabemos do trabalho do ICI pela reputação de Curitiba, são referências”, elogiou. “É uma organização com soluções muito avançadas e maduras, isso é um patrimônio valiosíssimo.”

O chefe de gabinete destacou também a integração entre os serviços, principalmente os que se relacionam com a Central 156. “Gerir informações de forma integrada é um grande diferencial para um organismo público, é uma vantagem gigantesca que o ICI possui”, completou.

Em Portugal, deve acontecer a descentralização de uma série de serviços até 2020, saindo do âmbito federal para o municipal. “Só vamos conseguir eficiência na prestação desses serviços com o uso da tecnologia, por isso estamos pesquisando soluções e empresas em diversos lugares”, contou Rocha. “O que vimos aqui no ICI é muito interessante. Gostaríamos de trazer uma equipe técnica para cá, que avaliasse algumas soluções para então tentarmos fechar alguma parceria”, finalizou.

 

Compartilhe: