Ir para conteúdo

Em Curitiba, automação traz celeridade para Procuradoria-Geral do Município

Ferramenta desenvolvida pelo ICI torna eletrônica...
Ferramenta desenvolvida pelo ICI torna eletrônica a tramitação dos processos (Foto: Prefeitura de Curitiba)

Um sistema próprio e unificado de processo eletrônico foi aplicado para reduzir os prazos de circulação interna de documentos e entre os órgãos da administração municipal da capital paranaense. O Sistema de Controle de Processos da Procuradoria-Geral do Município (CPPGM) foi desenvolvido pelo ICI e integrado ao Processo Eletrônico Judiciário do Paraná (Projudi), uma antiga demanda dos procuradores que antes faziam de forma física o trâmite de processos entre as secretarias municipais.

Criado com base nos critérios estabelecidos pela Procuradoria-Geral do Município, o sistema contém uma série de ferramentas que auxiliam no trabalho diário dos procuradores e assistentes administrativos, o que traz celeridade aos processos e procedimentos internos e externos. “Precisamos trabalhar com uma realidade de escassez de recursos humanos e demanda crescente. Isso pede que sejamos mais criativos e inovadores, 100% digitais e mais sustentáveis, para nos mantermos ágeis e eficientes, mostrando que o uso da tecnologia da informação moderniza a gestão pública em benefício da população”, avalia o diretor de Infraestrutura e Operações do ICI, Fernando Matesco.

O CPPGM facilita o cumprimento de prazos judiciais, controla a agenda de audiências e compromissos, confere mais agilidade à tramitação de documentos e auxilia na distribuição de tarefas e atribuições, especialmente das intimações judiciais.

A tecnologia é apenas a continuidade de um processo de modernização e eficiência da Procuradoria-Geral do Município, lembra a procuradora-geral, Vanessa Volpi. A mudança marcou não apenas o início da eliminação do excesso de papel da rotina dos procuradores municipais, mas também estabeleceu uma nova rotina de trabalho. “O que temos agora é uma evolução dos sistemas existentes, desenvolvida para atender as demandas específicas da procuradoria”, explica.

Os resultados obtidos com o CPPGM levaram o sistema a figurar entre os finalistas do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico 2021 (e-Gov), que reconhece os melhores trabalhos, projetos e soluções de governo eletrônico na administração pública federal, estadual e municipal. O e-Gov foi criado em 2002 pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep) e pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Compartilhe: