Ir para conteúdo

ICI desenvolve Integrador eSocial

Sistema já está sendo utilizado para envio de...
Sistema já está sendo utilizado para envio de informações ao eSocial

O ICI desenvolveu para a Prefeitura de Curitiba a solução Integrador eSocial. Trata-se de um sistema web que faz a leitura das bases de dados dos sistemas de Recursos Humanos, converte essas informações num arquivo XML e, então, transmite para o eSocial – Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, do Governo Federal.

Seguindo critérios e cronograma definidos pelo Governo, a primeira instituição que utilizou o serviço foi a Curitiba S.A. Primeiro, foram enviados os cadastros do empregador, depois os dados dos trabalhadores, folha de pagamento e a substituição da GFIP (guia de informações da Previdência Social). Até janeiro, a Curitiba S.A. precisa transmitir os dados de segurança e saúde dos trabalhadores.

Neste segundo semestre, outras instituições passam a utilizar o Integrador, de acordo com o calendário do Governo. São elas: Urbanização de Curitiba S.A. (Urbs), Instituto Curitiba de Saúde (ICS), Agência Curitiba de Desenvolvimento S.A. e Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). Os demais órgãos públicos devem aderir ao programa apenas em 2019.

A coordenadora de Sistemas de RH do ICI, Ursula Lisboa de Miranda Tenereli, conta que o principal desafio foi disponibilizar as bases de dados de acordo com as exigências do eSocial. “Algumas informações não eram registradas pelos órgãos da prefeitura, por isso foram necessárias alterações em algumas funcionalidades para incluir essas informações que não existiam nos cadastros”, diz. “Estamos inclusive desenvolvendo novos módulos nos sistemas, para atender as demandas de saúde dos trabalhadores, por exemplo.”

O analista Rodrigo Leitorles, da equipe do projeto, completa que a Integrador faz toda a gestão da transmissão dos dados. “O serviço lê as tabelas e gera o arquivo XML, formato exigido pelo eSocial. Após a assinatura digital e envio dos dados por parte do usuário, o sistema acompanha se há ocorrência de erro ou sucesso na transmissão. Havendo alguma inconsistência, deve ser realizada a correção nos dados para então tentar transmitir novamente”, explica.

Os usuários têm uma solução de interface amigável e fácil navegação. O Integrador é acessado pela internet e permite que a instituição tenha armazenadas todas as transmissões de dados feitas ao Governo Federal, com filtros como data e tipo de arquivo. Após o cumprimento dessa primeira fase, os órgãos continuarão encaminhando periodicamente os dados funcionais dos trabalhadores.

 

Compartilhe: