Ir para conteúdo

ICI firma contrato com Prefeitura de Londrina

Instituto passa a oferecer serviços de TIC para o...
Instituto passa a oferecer serviços de TIC para o município
Instituto passa a oferecer serviços de TIC para o município
Da esq.: João Luiz Martins Esteves, Fabrício Zanini e Amilto Francisquevis
Instituto passa a oferecer serviços de TIC para o município
Da esq.: João Luiz Martins Esteves, Fabrício Zanini e Amilto Francisquevis

O diretor-presidente do ICI, Fabrício Zanini, e o assessor de mercado, Amilto Francisquevis, estiveram em Londrina nesta quinta-feira (23) para assinatura de um contrato com a Procuradoria Geral do Município de Londrina (PGML), que contempla a prestação de serviços de tecnologia da informação e comunicação para a cidade. "A solução a ser implementada prevê pontos de melhoria na estruturação dos mecanismos de governança da Procuradoria Geral do Município de Londrina, o que vai permitir uma gestão dos processos judiciais de forma sistematizada e integrada ao Projudi (Processo Judicial Digital), dando mais agilidade e qualidade aos serviços", comenta Zanini. 

Com a solução, será possível oferecer aos procuradores maior transparência e eficiência na execução das atividades, além de permitir mais flexibilidade e facilidade no acesso às informações e processos judiciais. 

Para o procurador geral João Luiz Martins Esteves, a parceria com o ICI representa uma otimização dos recursos humanos: “Percebemos que muitas tarefas rotineiras feitas na procuradoria ocupam muito tempo, e tendo em vista a tecnologia da informação já disponível, elas poderiam facilmente ser reduzidas e otimizadas.” Segundo ele, a ideia é dar mais qualidade ao serviço prestado no município.

A solução estabelece maior controle e monitoramento de ações da PGML, possibilitando um melhor planejamento e gestão das demandas dos processos judiciais. "O desenvolvimento de um novo conceito de gestão de processos eletrônicos é a premissa da solução implantada pelo ICI. Trabalhamos fortemente na transformação das cidades para torná-las mais inteligentes, integradas e inovadoras”, finaliza o diretor-presidente. 

 

Compartilhe: