Ir para conteúdo

Mais de 28 mil pessoas já se cadastraram para usar o Wi-fi Curitiba

Cresce número de usuários cadastrados na...
Cresce número de usuários cadastrados na plataforma do Wi-fi Curitiba nos terminais. Foto: Hully Paiva/SMCS
Cresce número de usuários cadastrados na plataforma do Wi-fi Curitiba
Serviço é gratuito e pode ser acessado em mais de 80 endereços
Cresce número de usuários cadastrados na plataforma do Wi-fi Curitiba
Serviço é gratuito e pode ser acessado em mais de 80 endereços

Com dois meses de funcionamento, a rede Wi-fi Curitiba, serviço público e gratuito que oferece sinal de internet em 81 pontos da cidade, já conquistou mais de 28 mil usuários, desde a inauguração. Só no mês de junho, foram 15.764 novos aceites aos termos de uso, necessários para efetuar o primeiro login, e outros 12.454 já podem usar o serviço desde as primeiras semanas, segundo levantamento da Superintendência de Tecnologia da Informação da Secretaria de Administração e de Gestão de Pessoal.

Esse é o caso da auxiliar de cozinha Giovana Soares, que usa o Wi-fi Curitiba há dois meses, desde que identificou a rede disponível pelo celular. Para ela, a internet é importante para acessar alguns serviços enquanto espera o ônibus, como verificar o próximo horário da linha ou sacar dinheiro. “Lembro que uma vez tentei fazer um saque virtual na máquina do banco aqui no terminal. Para isso, precisaria ter internet. Eu não tinha e não pude sacar o dinheiro”, recorda Giovana.

O acesso é aberto a todas as pessoas, que só precisam se cadastrar no portal do e-cidadão. Quem já tem login para usar outros serviços da Prefeitura, como o Saúde Já ou o CuritibaApp, usa o mesmo cadastro e senha.

No primeiro acesso, basta aceitar os termos de uso para aproveitar a internet gratuita, baixar ou enviar conteúdo, além de trocar mensagens e fazer chamadas.

Dione Peter da Silva trabalha na farmácia do Terminal do Boqueirão, e usa a rede gratuita nos intervalos do serviço para fazer videochamadas com a filha, que tem apenas um ano e seis meses.

“Eu uso diariamente. E é bom porque o sinal funciona em qualquer lugar aqui do terminal. Utilizo para falar com a minha esposa e a minha filha. Aproveito a internet para ligar e ver como ela está”, explicou Dione. 

Funcionário de uma lanchonete no Terminal Hauer, Leonardo de Lima Guerra, também aprova o serviço.

“Uso para acessar o Whatsapp e a rede funciona bem para vídeos. Acho bom porque às vezes, na correria, a gente não tem tempo de colocar crédito no celular”, disse Leonardo.

A qualidade do serviço também é apontada por Israel Neves Evangelista, que descobriu a rede pelas placas de sinalização com QR code, assim que o serviço foi implantado. Já utilizou nos terminais Boqueirão, Hauer e Portão.

Mais internet

O projeto já funciona em 81 lugares, como terminais de ônibus, nas Ruas da Cidadania, no Mercado Municipal, no Largo da Ordem, entre outros endereços (lista abaixo). A meta da Prefeitura de Curitiba é expandir os pontos de internet gratuita para as unidades de saúde e oferecer wi-fi em 227 locais da cidade.

O Wi-fi Curitiba é um projeto de responsabilidade social do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI) e não tem custos para o Município. A iniciativa é resultado da parceria entre a Superintendência de Tecnologia da Informação da Secretaria de Administração e de Gestão de Pessoal e o Vale do Pinhão.

Como se cadastrar

Para acessar a rede Wi-fi Curitiba, o usuário deve entrar no portal do e-cidadão e preencher seus dados. O portal está adequado à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Para se cadastrar, basta clicar aqui

Depois de criar um login no e-cidadão, o usuário deverá aceitar o termo de uso e já está apto a utilizar a rede Wi-fi Curitiba em um dos 81 lugares disponíveis. Para se conectar, o cidadão deve informar seu CPF e a senha criada.

Os endereços que contam com o wi-fi têm placas de sinalização de área de internet, com um QRCode. Para conectar um smartphone ao wi-fi nestes ambientes de forma mais rápida, o usuário pode abrir o leitor de código QR e acessar a página do Wi-fi Curitiba imediatamente.  

Aos usuários que tiverem dúvidas ou precisarem de auxílio para se conectar, é possível abrir o chat da Central 156, que funciona mesmo nos dispositivos sem internet e sem login no e-cidadão.

Depois de logado, a internet fica disponível e será automaticamente desconectada quando o cidadão deixar a zona de alcance do wi-fi. As pessoas devem fazer o login todas as vezes em que forem se conectar.

Onde acessar

Para conferir todos os pontos da cidade que contam com a rede Wi-Fi Curitiba, clique aqui.

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Compartilhe: