Ir para conteúdo

SMRH implanta módulo de Avaliação Funcional

Primeira etapa do projeto foi entregue no último...
Primeira etapa do projeto foi entregue no último dia 6

Nesta quinta-feira (16), foi realizada uma apresentação aos supervisores e coordenadores dos Distritos Sanitários da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, sobre as funcionalidades do novo módulo de Recursos Humanos desenvolvido pelo ICI, chamado Avaliação Funcional. 

 “Avaliação Funcional é um processo de avaliação por competências dos servidores municipais, com foco na contribuição individual para o alcance dos objetivos dos serviços, programas, ações e estratégias da secretaria onde o processo acontece. O resultado da avaliação poderá ser utilizado complementarmente como ferramenta gerencial para o desenvolvimento na carreira do servidor”, explica Gislaine Armstrong Rosa, da Coordenação de Sistemas de RH. “Inicialmente, este módulo foi desenvolvido com as regras definidas pela SMS, mas, futuramente, outras secretarias também deverão aderir ao processo”, completa. 

A primeira etapa do projeto foi entregue no último dia 6. “A demanda partiu da Secretaria Municipal de Recursos Humanos (SMRH), junto à SMS, devido à implantação de um novo processo de avaliação para os servidores municipais”, comenta Gislaine.

O novo módulo foi desenvolvido utilizando o ICI.Core, que é uma plataforma de desenvolvimento para sistemas projetados e desenvolvidos no ICI, e dividido em duas aplicações: Administrativo e Portal. “No Portal RH, o acesso será realizado através do RH24 Horas, na internet, e todos os servidores habilitados terão acesso. Para este, a aplicação foi desenvolvida com a possibilidade de acesso através de mobile, pois o site é responsivo”, conta Gislaine. 

No portal Administrativo será possível realizar os cadastros básicos do sistema, que foi desenvolvido totalmente parametrizado, possibilitando o cadastro dos itens do processo de avaliação de acordo com as regras de cada Secretaria. Já no portal RH, as chefias poderão cadastrar as comissões e realizar as avaliações dos servidores.

“Os servidores que participarem do processo poderão dar aceite no ato regulatório,  visualizar sua avaliação em andamento e inserir suas considerações, além de futuramente visualizar o histórico”, diz Gislaine. 

A segunda etapa do módulo será disponibilizada no final do mês de maio. “Esta fase compreende a disponibilização dos relatórios e tela para verificação da avaliação por servidor, assim como o histórico de avaliações e mais uma tela para cadastro de recursos”, finaliza Gislaine. 

 

Compartilhe: